Processos de Segurança

A Importância do Técnico em Segurança do Trabalho

Por Erica Bento Coelho de Moura Lacerda - 27 de novembro de 2017
A Importância do Técnico em Segurança do Trabalho

Na data de 27 de novembro é comemorado o Dia do Técnico em Segurança do Trabalho, considerado o especialista que cuida da segurança de todos os profissionais.

O profissional de Segurança do Trabalho tem papel central na rotina das empresas. 

Ele exerce diversas funções vitais, tais como: informar os possíveis riscos existentes nos ambientes de trabalho, sugerindo medidas preventivas; executar procedimentos de segurança, higiene do trabalho e avaliar resultados; executar normas referentes a projetos de construção, ampliação, reforma, arranjos físicos e de fluxos; orientar atividades desenvolvidas pelos prestadores de serviço e, levantar e estudar dados estatísticos de acidentes laborais e doenças profissionais, calculando a frequência e a gravidade destas ocorrências.

O Técnico em Segurança do Trabalho é imprescindível para o bom andamento das atividades e do ambiente de trabalho.

Listaremos a seguir a relação destas funções desempenhadas e a importância do profissional para a segurança e para todos, inclusive para o lucro do empregador que, muitas vezes, não se dá conta disto!

– Comunicar ao empregador sobre os riscos do ambiente de trabalho e propor medidas para neutralizá-los ou eliminá-los;

– Informar aos funcionários sobre os riscos do ambiente e sobre as medidas preventivas que devem ser adotadas;

– Analisar os métodos de trabalho adotados pela empresa, identificar os fatores causadores de riscos de doenças profissionais, do trabalho e a presença de agentes agressores do ambiente, propondo a eliminação, neutralização ou medidas de controle;

– Executar programas de prevenção de acidentes e doenças ocupacionais e acompanhar o resultado das medidas que forem implantadas através do programa. Avaliar os resultados e propor as melhorias que se julgarem necessárias;

– Promover ações de divulgação de segurança do trabalho entre os funcionários da empresa. Alguns exemplos de divulgação são: palestras, seminários, reuniões e treinamentos, utilizando  estes recursos de forma didática, tais como: informativos, placas e mapas de riscos;

– Promover a implantação das Normas de Segurança do Ministério do Trabalho, de acordo com a necessidade das atividades;

– Observar e cumprir as normas de segurança nas etapas de construção, reforma e ampliação de edificações;

– Observar o processo de trabalho da empresa do começo ao fim, com o objetivo de promover um ambiente de trabalho mais seguro;

– Observar as normas estaduais do Corpo de Bombeiros e implantar medidas de prevenção e combate a incêndios, tais como: inspeção de extintores, hidrantes e demais equipamentos de combate a incêndio;

– Cooperar nas atividades de preservação do meio ambiente da empresa, conscientizando os funcionários das necessidades de preservação dos recursos naturais;

– Orientar as atividades das empresas contratadas, observando as normas de segurança do trabalho e contratos de prestação de serviços;

– Observar e executar as atividades de higiene e medicina do trabalho, seguindo os procedimentos legais para buscar o controle, redução ou eliminação dos riscos presentes no ambiente, tornando-o mais seguro e harmonioso;

– Observar os dados estatísticos de acidentes e repassar ao Ministério do Trabalho de acordo com a NR-4, item 4.12 letra “J”;

– Informar ao empregador e trabalhadores sobre as atividades insalubres e periculosas presentes no ambiente de trabalho;

– Emitir um Parecer Técnico sobre as condições de trabalho presentes no ambiente, buscando planejamento e organização para que as atividades sejam realizadas com segurança.

Desta forma que a Segurança no Trabalho deve ser implantada, como um investimento no material humano das empresas.

Quando a prevenção se torna prioridade o ambiente fica mais leve, as pessoas sentem-se mais motivadas e valorizadas.

Assim, aumenta-se a produtividade e a segurança que são fundamentais em todos os segmentos.

Isto proporciona, ainda, uma melhora na relação entre colaboradores e empregadores, favorecendo os relacionamentos intra e interpessoais. Quando o funcionário percebe melhorias no ambiente de trabalho passa a confiar mais e a ter mais carinho e respeito com a direção da empresa, estabelecendo uma relação de ganhos para ambos os lados.

E, certamente, o resultado aparecerá na produtividade e na melhoria da qualidade dos serviços prestados pelos funcionários.

 

Referências Bibliográficas:

NR-4 – Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho

Fonte da Imagem:

Freepick