Saúde e Segurança no Trabalho

A Importância dos Exames Médicos

Por Heloisa Santhiago - 10 de julho de 2017
A Importância dos Exames Médicos

O acompanhamento e a avaliação da saúde dos trabalhadores inseridos em uma empresa é fundamental para garantir a qualidade de vida dos mesmos no ambiente de trabalho.

Os exames médicos periódicos são fundamentais para a avaliação do estado de saúde dos colaboradores e têm como principal objetivo orientá-los quanto aos níveis dos fatores de risco, sejam eles físicos, químicos, biológicos ou ergonômicos do qual estão expostos em seus ambientes laborais.
Esta preocupação é um dever do empregador, que precisa estar atento às condições de saúde de seus funcionários, considerando ainda, que este é um direito assegurado ao trabalhador, previsto na legislação.

O item 7.1.1, da NR-7 (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional), dispõe:

7.1.1. Esta Norma Regulamentadora (NR) estabelece a obrigatoriedade de elaboração e implementação, por parte de todos os empregadores e instituições que admitam trabalhadores como empregados, do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO), com o objetivo de promoção e preservação da saúde do conjunto dos seus trabalhadores.

Para que isto aconteça, os exames médicos ocupacionais devem ser realizados em conformidade com as função e atividades a serem realizadas pelo colaborador na empresa.
Os tipos de exames médicos ocupacionais e suas principais características:

• Exame Admissional: Deve ser efetuado antes que o colaborador inicie suas atividades;

• Exame Periódico: A periodicidade varia de acordo com a idade e com as atividades exercidas. Geralmente, para colaboradores expostos a riscos relativos à sua saúde, os exames devem ser efetuados anualmente ou semestralmente, o que será definido pelo Médico do Trabalho da empresa. Para os colaboradores que não estão expostos a riscos, os exames podem ser efetuados a cada dois anos, com exceção dos colaboradores que possuírem idade menor que 18 anos ou maior que 45 anos, estes deverão efetuar os exames anualmente;

• Mudança de Função: Neste caso, deve ser efetuado antes da data da mudança de função, com a finalidade de identificar novos riscos à saúde do colaborador;

• Retorno ao Trabalho: Deve ser efetuado quando existe afastamento por mais de 30 dias por motivo de doença, ocupacional ou não e, licença-maternidade;

• Exame Demissional: Deve ser efetuado quando o colaborador irá se desligar da empresa, até a data da homologação de sua demissão.

Além destes citados, os colaboradores que estão expostos a riscos químicos, biológicos ou físicos devem efetuar os Exames Complementares que assegurarão um diagnóstico preciso.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:
• NR-07 – Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional

Fonte da Imagem: Freepick