Segurança do Trabalho

Descargas Atmosféricas em Aerogeradores

Por Diogo de Souza Metello - 9 de agosto de 2019
Descargas Atmosféricas em Aerogeradores

A descarga elétrica atmosférica (raio), é um fenômeno da natureza absolutamente imprevisível, suas intensidades de correntes e duração podem causar danos as pessoas, danos físicos às estruturas e prejuízos financeiros.

Não existe nada que impeça a “queda” de raios. Somente aplica-se soluções para diminuir os efeitos destrutores, colocando-se pontos de captação e condução segura para a terra. Os raios possuem efeitos variáveis, tais como:

  • Térmico;
  • Acústico;
  • Luminoso;
  • Elétrico; Indutivo;
  • Mecânico.

Dessa forma todos possuem sua relevância, como por exemplo o luminoso, que pode causar lesões oculares e cegueira temporária e se tratando de instalações elétricas, todos seus componentes estão expostos.

Danos das Descargas Atmosféricas na Eólica

Os impactos diretos dos raios causam destruições físicas, podendo causar incêndios, e no modo indireto, produz campo eletromagnético que pode causar danos. Um raio, por exemplo, pode obter de 5 a 7Km de comprimento na vertical e de 8 a 16Km na horizontal, contendo valores de 1.000 a 10 bilhões de Joules por descarga atmosférica, chegando até 500KA em 100 milhões de Volts.

Uma vez que os aerogeradores são pontos fáceis de serem atingidos, em virtude dos locais em que são instalados, geralmente regiões costeiras ou locais elevados. 

Requisitos Legais Específicos para Aerogeradores

Os projetos de proteção contra descargas atmosféricas nos parques eólicos, são elaborados dentro de critérios técnicos estabelecidos por normas internacionais, de elevada credibilidade.A IEC61400-24 (Norma Europeia), especifica a proteção para aerogeradores, uma vez que a NBR 5419 que cita a proteção contra descargas atmosféricas, não possui pauta específica para tal. Os principais dispositivos de proteção contra as descargas atmosférica, são:

  • Detectores de tempestade;
  • Contadores de raios;
  • Terminal aéreo de captação;
  • Sistema de aterramento;
  • Pás com equalizadores.

A Importância do Sistema de Aterramento

No quesito segurança, o aterramento deve ser totalmente efetivo e seguro, dissipando a corrente captada pelo sistema de captação, de forma a não deixar afetar os sistemas elétricos. Entretanto, sabemos que alguns projetos, especialmente os mais antigos são menos confiáveis do que outros. A saber pequenos e alguns médios aerogeradores no geral, não possuem sistemas de proteção contra raios. Dessa forma os de grande porte são fabricados com tecnologia de ponta e  capazes de eliminar possíveis efeitos de raios com elevada eficiência ou minimizar os danos que seriam produzidos.

Em síntese, a segurança do trabalho tem a suma importância de:

  • Identificar pontos críticos;
  • Identificar risco de saúde e segurança;
  • Avaliar os riscos;
  • Conhecer os requisitos e normas relacionados com os procedimentos;
  • Identificar as formas para controlar e até mesmo eliminar esses riscos.

Por fim, esperamos que este artigo o tenha ajudado a compreender um pouco sobre  as descargas atmosféricas em aerogeradores. Aproveite o gancho desta leitura e saiba os desafios encontrados no setor eólico.

REFERÊNCIAS UTILIZADAS:

YAMANISHI, BRUNO KAORU; BONFIM, MICHAEL RAVANEDA. ANÁLISE DOS EFEITOS DE SOBRETENSÃO CAUSADOS POR DESCARGAS ATMOSFÉRICAS EM AEROGERADORES. 2017. TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (ENGENHARIA ELÉTRICA), CURITIBA, 2017.

Gostou deste post? Então deixe um comentário, compartilhe com a gente e com os nossos demais leitores, a sua opinião e as suas ideias sobre o assunto!