Recursos Humanos

eSocial foi adiado? Entenda melhor

Por Thiago Batista - 28 de junho de 2019
eSocial vai acabar?

Durante esses últimos meses estamos passando por processos de mudança e atualizações em nossa cultura sobre segurança do trabalho, sendo as mais recentes envolvendo as NR’s e o eSocial. Muitos questionamentos e dúvidas tem geradas pelos profissionais envolvidos diretamente  e ou indiretamente se o eSocial  vai acabar. Por isso nós da PREVENT WORK trouxemos neste conteúdo, informações que buscam esclarecer as dúvidas.

Para melhor compreensão, leia até o final pois este artigo é para você que busca conhecimento de uma forma objetiva e resumida.

eSocial vai acabar?

O assunto é bem polêmico pois circularam por diversas fontes, o fim do eSocial. Contundo o governo não iria simplesmente descartar 6 anos de desenvolvimento e treinamento, uma vez que o investimento total esta na casa dos milhões de reais e, diversas empresas desenvolveram ou adquiriram softwares compatíveis com o sistema.

Outro ponto relevante,  para a não exclusão , é que mais de 80% dos brasileiros já estão inseridos na plataforma. Em Agosto a Caixa Econômica irá liberar a guia do FGTS e em Julho teremos 100% dos trabalhadores inseridos no eSocial.

eSocial haverá mudanças…

Entre os dias 16 a 19 de Junho, ocorreu em Brasília um encontro de representantes envolvidos com o eSocial, afim de enxugar a plataforma e torna-lá mais efetiva e objetiva.

A partir daqui destacamos como resultado preliminar as seguintes alterações:

  • Dos 38 eventos obrigatórios no eSocial para as empresas, ao menos 10 serão permanentemente eliminados e muitos dos quase 2 mil campos exigidos também serão excluídos.
  • No evento de admissão muitos campos antes facultativos, mas os que geram dúvida no preenchimento, serão eliminados, como os grupos de CNH, CTPS, RIC, RG, NIS e RNE.
  • No cadastro empresarial e de estabelecimentos serão excluídas as informações como:
    • Razão social;
    • Indicativos de cumprimento de cotas de aprendizagem e PCD;
    • Indicativo de ser empresa de trabalho temporário;
    • Modalidade de registro de ponto, entre outros.
  • Em acréscimo a eliminação de campos, serão retiradas muitas regras de validação, para facilitar a prestação da informação.

Cronograma :

Contudo foi definida a prorrogação por mais 6 meses para início da obrigatoriedade de envio dos eventos  periódicos para as empresas constantes no grupo 3 e de todos os eventos de SST, confira o quadro abaixo:

 

Cronograma eSocial

Gostou deste post? Então deixe um comentário, compartilhe com a gente e com os nossos demais leitores, a sua opinião e as suas ideias sobre o assunto!