Treinamento

Investimento em Treinamentos: Qual é a Importância?

Por Erica Moura - 29 de outubro de 2020

A busca pelo aperfeiçoamento e excelência deve ser contínua para que os resultados sejam cada vez melhores. Para maior e melhor qualificação, as empresas precisam enxergar o benefício do investimento em treinamentos.

Benefícios:

  • Melhor desempenho e produtividade;
  • Aumento e melhoria dos níveis de qualidade;
  • Vantagem competitiva;
  • Retenção de Talentos;
  • Estimulação ao trabalho em equipe;
  • Aumento da motivação dos profissionais;
  • Maior e melhor engajamento e participação do profissional com a empresa;
  • Bom clima organizacional;
  • Estabelecimento de metas.

Empresa X Qualificação

Dentre todos os últimos acontecimentos, a responsabilidade conferida às empresas sofreu grandes transformações. Hoje além de fornecer um salário compatível ao cargo exercido, ela necessita nutrir um espaço favorável para seus profissionais, com o critério de oferecer conhecimento suficiente para o desenvolvimento das tarefas no dia a dia, contribuindo com o propósito da empresa e considerando sua saúde mental.

Mesmo em um período de corte e gastos, empresas que mantiveram os investimentos em treinamentos e capacitação, perceberam a importância e os benefícios.

Uma pesquisa divulgada no portal Administradores, a média investida por profissional, nessa área, foi de R$788,00, 21% a mais em relação ao ano anterior. Para se ter uma ideia, o período médio de treinamento por profissional em empresas de até 5.000 profissionais foi de 21 horas.

O investimento em treinamentos traz de retorno a produtividade, superioridade e qualidade no atendimento ao cliente. Além disso, a superação de metas, resiliência, aumento de capacidade e muitos outros ingredientes são debatidos para que as organizações sobrevivam e se perpetuem. Estes são amplos desafios mundiais das empresas no momento atual. Portanto, para obter-se estes resultados entra em cena a peça-chave desta engrenagem – o ser humano.

Perante esta realidade, nos encontramos frequentemente com afirmações de que as empresas não estão investindo como necessita o desenvolvimento das pessoas que constitui o ambiente produtivo.

Diversos argumentos afirmam que os investimentos têm sido priorizados para aquisições de acervos tecnológicos ou para outras alocações voltadas aos “negócios da empresa”. E dessa maneira, observamos mais e mais procedimentos tecnológicos se instalando e sendo o centro das atenções nos ambientes organizacionais.

Conclusão

Possuindo uma equipe de profissionais bem instruídos e eficientes, eleva-se o nível de qualidade dos serviços e produtos oferecidos pela empresa. Entretanto, os treinamentos podem melhorar, também, a qualidade das relações entre os profissionais e do atendimento aos clientes, o que faz com que a empresa se destaque no mercado.

Dessa forma, ao longo da leitura observamos e afirmamos o ponto que colocamos em destaque: treinamento e o desenvolvimento de pessoas são essenciais para manter as equipes mais produtivas. Portanto, otimiza-se os recursos da organização enquanto eleva a qualidade de produtos e serviços prestados.

REFERÊNCIAS

https://administradores.com.br/artigos/conheca-o-mercado-de-treinamento-corporativo-no-brasil

http://site19.franklincovey.com.br/blog/treinamentos-corporativos/

http://www.avm.edu.br/docpdf/monografias_publicadas/b001923.pdf

https://recursoshumanosestrategico.blogspot.com/2011/02/porque-investir-em-treinamento-e.html

 

 

Gostou deste post? Então deixe um comentário, compartilhe com a gente e com os nossos demais leitores, a sua opinião e as suas ideias sobre o assunto!