Saúde Ocupacional

Qual é importância de um Ambiente Ergonômico?

Por Lucas de Almeida Pinto - 19 de novembro de 2020

Quando se fala em produtividade, as empresas querem atingir ápice, mas diversos fatores impedem de conseguir êxito. E um dos principais fatores que os gestores podem intervir é no ambiente de trabalho que os funcionários estão inseridos. Muitos consideram esse tema desnecessário e não dá a devida atenção.

Com a evolução do mundo e com novas tecnologias surgindo, as pesquisas sobre a ergonomia organizacional e as doenças causadas pelo trabalho ganharam ênfase e os responsáveis da empresa deram importância ao assunto. Podemos afirmar que o ambiente ergonômico é um investimento a longo prazo, que no futuro irá colher os frutos.

Com isso o MTE (ministério do trabalho) criou a norma NR-17, que veio justamente para amparar os trabalhadores e que tem como principal objetivo garantir a segurança e integridades dos empregados. Essa norma obriga os empregadores adequar as condições ideais para exercício da função de cada colaborador. Entretanto, mesmo depois com a criação desta NR, o Brasil continua sendo um dos países com mais acidentes de trabalho no mundo que perde só para China, EUA e Rússia. É um dado muito preocupante, pois sabemos que muitas dessas mortes poderiam ser evitadas se estivesse em condições adequadas às normas aplicáveis do Brasil.

Qual a importância da ergonomia no trabalho?

Antigamente as empresas enxergavam a ergonomia totalmente desnecessária e desdenhava os EPI´S, que as doenças que afastavam os funcionários não eram causadas pelo trabalho ou também podia ser uma forma do colaborador conseguir faltar serviço ou levar algum tipo de benefício. Hoje sabemos que uma empresa ergonômica possui vantagem competitiva dos concorrentes. Cada detalhe faz grande diferença, podemos citar: a iluminação do lugar, as corres da parede, a temperatura do ambiente, todos esses efeitos influenciam na produtividade de seus funcionários.

Vejamos o seguinte cenário, um escritório com um determinado número de funcionários, e todos tem cadeira com encosto e regulagem de altura, as mesas são adequadas para cada colaborador, a temperatura do lugar pode ser regulada e não possui interferência externa de ruído, esse é ambiente propício para quem trabalha em escritório.

A pessoa que trabalha nessas condições tem grandes chances de produzir muito mais do que aquela pessoa que trabalha condições inversas.

Por isso que muitas empresas estão investimento nesse quesito, adequando seu espaço de trabalho, visto que um ambiente ergonômico diminui doenças ocupacionais, e as mais frequentes são as Lesões por Esforços Repetitivos (LER) e os Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT).

Em um ambiente adequado, os colaboradores se sentem mais valorizados e dispostos a trabalhar, dessa forma, motivados, produz mais e gera mais benefícios individuais e coletivo.

Agora que temos conhecimento de como a ergonomia é importante para desenvolvimento das empresas, procure informar se a sua empresa está adequada à NR-17, e se não estiver, procure um de nossos especialistas para avaliar quais medidas são necessárias para adequar sua empresa e melhora rendimento de seus funcionários.

REFERÊNCIAS:

Gostou deste post? Então deixe um comentário, compartilhe com a gente e com os nossos demais leitores, a sua opinião e as suas ideias sobre o assunto!